sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Paixão,

Paixão,

Sinto por você uma paixão insaciável,

Cheiro de teu perfume coloca meu corpo em chamas,

Não sei explicar, só sei que meu corpo aclama pelo seu.

Quando meus dedos encostam-se à tua pele uma nova galáxia explode,

Os átomos se expandem,

Tudo se torna parte do meu desejo por você,

Lagrimas e risos transformam-se em criticas de lapsos amorosos, são da contingência de um beija-flor que eclode a cada minuto o néctar de uma flor, faz-me refletir sobre as coisas que se passaram nos últimos instantes, sobre coisas que deixaram meus olhos encantados por você. Ah se a cada dia pudesse acordar com tamanha alegria, talvez eu pudesse aliviar um pouco das dores do mundo. Quem dera eu sorrir todas as manhas com você ao meu lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário