terça-feira, 24 de junho de 2008

Pular

Há horas que tudo que se quer é pular livre do ponto mais alto e esquecer de tudo!