quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Saudade


 
 Hoje da saudade,
Do teu beijo que ti roubei,
Da tua pele que toquei,
Do teu seio que acariciei,

Oh,
És tu mulher que me tira sono,
Que me entristece pelo teu abandono,
Que me enlouquece,

Com essa dor, hoje eu admito,
És meu amor e te suplico,
Volta,
Devolve a mim o coração que tirou do meu peito.

Nem sei

Nem sei se é verdade ou falsidade,

Pensei ter felicidade,

...E o que senti foi terror,


Nem sei se amei ou detestei,

Por você me apaixonei,

...E o que senti foi saudade,


Nem sei se é colorido ou mórbido,

Eu fui amado,

...E me senti desprezado,

domingo, 6 de setembro de 2009

Desejo

Almejo teu beijo,
Com aquele desejo,
De quem quer mais do que um beijo,
Querendo seu corpo por inteiro,

Por isso te beijo,
Enquanto desliso,
Minhas mãos nas curvas,
Do teu corpo,
Sinto sua pele macia,
E acaricio,
Com meus lábios,
Os teus seios,

Enquanto te beijo,
Sinto que te desejo,
Como quem quer mais,
Do que um simples arreto,

Assim te quero,
No meus braços,
Nua,
Pois te desejo,

Com entrelaço,
Do meu corpo,
Com o seu,
Fazemos amor,
*Dia 06 de setembro dia do sexo, pratiquem!

Poema de você




Teus olhos de mel, são como doce do céu,
Beijar teus lábios delicados, é sentir um pouco de um pecado
Na tua pele macia, toquei e senti a magia
teus sentimentos, te amo por todos os momentos

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

O que eu sinto

O amor não tem motivo,

Não tem noção,

Não tem limites,

Não tem razão,


Te amo,

Me ame,

Me faça feliz,

Eu te quero feliz,


Você é linda,

É meu aconchego,

É minha sanidade,

É minha insanidade,