quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Saudade


 
 Hoje da saudade,
Do teu beijo que ti roubei,
Da tua pele que toquei,
Do teu seio que acariciei,

Oh,
És tu mulher que me tira sono,
Que me entristece pelo teu abandono,
Que me enlouquece,

Com essa dor, hoje eu admito,
És meu amor e te suplico,
Volta,
Devolve a mim o coração que tirou do meu peito.

Um comentário:

  1. Esssa dor de amar !!!!
    sei como é...e o que nos torna magistral é quando temos a essência de pegar essa mistura de sentimento e nisso forma uma arte...parabéns !!!
    comentarei mais vezes gostei daqui !
    Boa smeana !

    ResponderExcluir