terça-feira, 24 de novembro de 2009

Autópsia de um amor, parte 2, O encontro,

Era uma quarta-feira a noite, eu estava de férias da faculdade, entediado, sozinho em casa, cansado das festas e bebedeiras. Vi na internet uma janela para um mundo diferente, um lugar para falar bobagens e me distrair, em uma sala de chat qualquer conheci várias pessoas, a maioria sem conteúdo algum, apenas eram engraçadas, mas uma pessoa em especial se destacava por superioridade moral, logo pensei: “quem diria, achar uma pessoa tão interessante em uma sala de chat”, senti a necessidade de saber mais sobre a mulher que me chamava a atenção, não demorou muito para conseguir o msn (Microsoft Messenger) dela.
A conversa no msn ficou a inda mais interessante, e cada vez mais identificava em Afrodite¹ a mulher que eu procurava para me completar, na verdade ela era especial de mais, eu já estava achando que não podia ser real, e comecei a levar em tom de brincadeira, eu continuei conversando com ela e ao mesmo tempo no chat, o que foi bom, pois enquanto eu conversava Gabriela no chat e demorava para responder a Afrodite, ela veio com um sutil ciumes, “vou deixar vc ta um pouco ocupado ai com a Gabriela”², gostei, pois o ciumes mornamente mostra que somos desejados, e foi assim que eu comecei a dedicar toda minha atenção a Afrodite.
Fiquei até de madrugada conversando com ela, foi uma das minhas noites mais importantes, falamos sobre faculdade,  bebida, amor e sexo.
Quem me conhece sabe que faço muito pelo calor das emoções e as vezes sou muito emotivo, e outras sou muito frio, mas aquela noite meu coração estava aquecido pelo carinho dela, e foi com esse calor que Hades¹ se apaixonou por Afrodite.

¹ Para não expor a ela nem a mim, vou usar os nicks de Hades para mim, e Afrodite para ela, claro que a maioria dos leitores me conhece e sabe meu nome verdadeiro.
² Sim eu tenho o histórico todo de nossas conversas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário